Estratégia

Oferecer subsídios técnicos e incentivos para a restauração e conservação de áreas de Mata Atlântica no extremo sul da Bahia, e para o plantio de espécies arbóreas nativas com fins econômicos, de utilização sustentável e de serviços ambientais.

Apoiar e estruturar ações de cadastramento e identificação de matrizes, coleta de sementes e produção de mudas numa interface socioambiental, difundindo e gerando conhecimento sobre a diversidade florística da Mata Atlântica.

Permitir a obtenção de dados e realizar a avaliação contínua dos modelos e medidas técnicas implantadas no Programa, para a geração de conhecimento acadêmico-científico, por meio de estágios técnicos e de iniciação científica.

Oferecer estrutura e apoio para a realização e desenvolvimento de projetos específicos por meio de parcerias pontuais no âmbito dos objetivos do Programa.

CANAL DE VÍDEOS